Como o full outsourcing de TI pode aumentar seus lucros

Se a sua empresa busca inovação e praticidade, então você precisa conhecer o full outsourcing de TI.

Qualquer empresa, para ser competitiva, precisa ter uma gestão dinâmica, planejamento eficiente e equipe enxuta. Para dar os primeiros passos rumo às escolhas certas, é preciso investir em estratégias que garantam otimização dos processos, qualidade nos produtos e serviços, racionalização dos recursos e redução de custos.

E, para conquistar essa possibilidade, contar com os avanços da tecnologia da informação é essencial. A TI não é apenas uma série de processos para os trabalhos do dia a dia, mas também atua como uma parceira que permitirá à sua empresa dedicação total aos negócios que oferta.

Nesse cenário, tanto o outsourcing quanto o full outsourcing de TI aparecem como tendência no mundo da tecnologia, prometendo ajudar empresas a ser mais rentáveis, ágeis e inovadoras.

Diferença entre outsourcing e full outsourcing

O outsourcing aparece na TI como uma alternativa ao modelo tradicional de gestão. Através dele é possível contratar um prestador de serviços para ser responsável por gerir e desenvolver uma determinada área da sua empresa sem que seja necessário contratá-lo com carteira assinada.

Em geral, está relacionado à subcontratação de serviços com o intuito de estabelecer limites para despesas gerais e simplificar o gerenciamento. O outsourcing não dever ser considerado como uma mera terceirização, visto que pode ser aplicada a áreas de atuação complexas como Finanças, RH, Logística, Contabilidade e a própria TI, por exemplo.

Já o full outsourcing de TI aparece como uma evolução do serviço – e pode ser de grande valor para as empresas que buscam simplicidade e economia. Nesse modelo, uma única empresa-fornecedora oferece todas as modalidades de TI das quais um cliente precisa, tornando-se um verdadeiro parceiro para a empresa contratante.

Essa possibilidade busca aperfeiçoar produtos e serviços para oferecer o que há de melhor para cada cliente. Além do que já foi dito, ela gerencia e dá suporte na infraestrutura, implementa e faz gestão de outros tipos de soluções, como servidores, backup, soluções de comunicação, de segurança, data centers e consultoria para o melhoramento do serviço.

Ou seja: com essa modalidade de terceirização, sobra mais tempo para se dedicar à estratégia do seu core business, já que uma única empresa é capaz de dar suporte em todos os serviços de TI, possibilitando um bom funcionamento das operações e processos, minimizando erros e paralisações das atividades.

Benefícios do full outsourcing para a sua empresa

Empresas que optem por investir em full outsourcing garantem ganhos na área de TI e lucratividade no negócio. Sabe por que?

O serviço é planejado e direcionado para a necessidade da sua empresa. Nada de contar com um atendimento padronizado para todo tipo de negócio: um bom full outsourcing vai ter modelagem personalizada para melhorar a qualidade do processo e precisa contar com uma infraestrutura moderna, onde a atualização de softwares e hardwares é feita constantemente.

Todo esse trabalho é feito por profissionais preparados e antenados às novidades do mercado. Eles estão sempre de olho nas tendências para poder oferecer novas possibilidades para sua empresa.

Um dos benefícios mais atrativos dessa solução de TI é a gestão unificada. Através dela você consegue criar uma combinação de serviços e fazer com que eles estejam alinhados entre si e funcionem perfeitamente, evitando erros e a falta de compatibilidade entre eles.

Como se não bastassem tantas vantagens, o full outsourcing ainda ajuda na redução de custos operacionais, tornando a empresa ainda mais competitiva, visto que haverá mais tempo para o desenvolvimento de processos e produtos.

Precisa manter a lucratividade da sua empresa e não sabe como? Em tempos de crise, o  full outsourcing pode ser a saída. Entre em contato com a Sinestec para encontrar a melhor solução para a sua empresa.

Compartilhe nas redes sociais:

Comente usando o seu Facebook: