Migração da infraestrutura de TI para a Cloud

Migrar a infraestrutura de TI para a Cloud é uma tendência empresarial que não dá sinais de desaceleração em um futuro próximo. Afinal, com o aumento das possibilidades tecnológicas de trazer segurança a dados primordiais, e o aumento das tentativas de sequestro desses mesmíssimos dados, manter a TI na nuvem é a melhor opção contra a chance de a empresa virar vítima de crimes cibernéticos.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

Equipe de TI enxuta: como fazer mais com menos

O método de “lean startup”, ou “startup enxuta”, criada por Eric Ries é um dos marcos mais revolucionários do empreendedorismo de tecnologia. O modelo serve muito bem para empresas que queiram trabalhar a tecnologia da informação em todo seu potencial sem ter que, necessariamente, contratar dezenas de pessoas para isso.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

As perguntas mais comuns em entrevista de emprego para Analista de TI

Um analista de Tecnologia da Informação é, dentro de um time de TI, a pessoa responsável pelo planejamento, execução do projeto (incluindo instalações e configurações) e administração de rede dos sistemas de seus clientes.

De acordo com suas habilidades técnicas, ele pode dimensionar os requisitos e arquiteturas de sistema e se utilizar de ferramentas de desenvolvimento para deixar a estrutura de TI da empresa mais organizada, prática e eficaz em seus objetivos.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

Afinal, o que pode ser realmente automatizado em TI?

Há quem diga que, em um futuro não muito longe, tudo o que puder ser automatizado, será. E não só em tecnologia da informação: na vida como um todo, para empresas e pessoas físicas.

Se a toada é essa, fica fácil imaginar que, em plena era do cloud computing, muita coisa poderá ser automatizada, também, na área de TI. E, hoje, o que dá para automatizar, você não só pode, como deve. As atividades rotineiras, principalmente, tomam um tempo enorme das equipes e não são revertidas, necessariamente, em mais produtividade. Por isso, foque nessas tarefas na hora de automatizar seus processos de TI.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

Datacenters: O Guia Para Iniciantes

Apesar de o Google não fornecer a localização exata de seus centros de dados, estima-se que pelo menos um deles esteja flutuando em alto mar – pelo menos é esse boato (que, para a gigante de tecnologia, tem cara de verdade) que circula no mundo da tecnologia da informação por quase dez anos.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

Por que contratar um estagiário de TI nem sempre é uma boa ideia?

Poucas experiências no mercado de trabalho são tão legais quanto o estágio: quando ofertado de maneira ética e correta, é um negócio bom tanto para o empregador quanto para quem está prestes a ser empregado.

No estágio, que geralmente é cedido a estudantes em formação universitária, a empresa dispõe de um profissional que trabalha por meio período e, por isso, paga um valor menor do que o de um salário padrão. Além disso, pode diminuir os custos com benefícios como alimentação, já que o tempo de trabalho do estágio geralmente não engloba horas o suficiente para exigir o ticket de almoço. Leia mais

Compartilhe nas redes sociais:

Como resolver os 03 problemas mais comuns de TI nas PME’s

Pequenas e médias empresas podem não ter o orçamento das grandes para lidar com seu processamento de informações e dados, mas isso não significa que não precisem implementar a TI dentro dos processos de seu negócio.

Afinal, independente do tamanho da empresa, as informações são geradas diariamente e podem servir de base para o fomento de estratégias de crescimento, precificação ou posicionamento frente à concorrência. Por isso, é imprescindível contar com uma TI alinhada aos objetivos corporativos de uma PME para que as metas sejam claramente cumpridas.

Leia mais

Compartilhe nas redes sociais: